ITAJAÍ
(47) 3045.3322
WhatsApp
(47)99602.6466
LiveZilla Live Chat Software
Facebook

Lipoaspiração/Lipoescultura - Dúvidas freqüentes

duvidas01. QUAL A PRINCIPAL MOTIVAÇÃO PARA AS PESSOAS PROCURAREM ESTA CIRURGIA ?

O principal fator que motiva a procura por uma lipoaspiração ou uma lipoescultura é a insatisfação com gorduras localizadas no abdome, dorso, coxas e pescoço.

 

02. QUAL A DIFERENÇA ENTRE LIPOASPIRAÇÃO E LIPOESCULTURA?

Lipoaspiração é a cirurgia em si da retirada de gordura de uma área limitada através de cânulas com o objetivo de emagrecimento local. Na lipoescultura, a lipoaspiração é procedida com a retirada de gordura onde há excesso e a colocação onde necessita de preenchimento, fazendo assim um torneamento estético da região.

 

03. QUAL A DIFERENÇA ENTRE LIPOASPIRAÇÃO, MINI-LIPOASPIRAÇÃO E LIPO-LIGHT ?

Os termos mini-lipoaspiração e lipo-light tem sido muito difundidos na mídia como sendo técnicas inovadoras, que conferem maior segurança ao procedimento de lipoaspiração. A utilização destes termos tem o objetivo de tentar dar um a idéia de um procedimento menor e menos arriscado que a lipoaspiração tradicional, muitas vezes no intuito apenas comercial de conquistar pacientes que porventura tenham receio de se submeter ao procedimento tradicional. O que ocorre é que não há basicamente nenhuma diferença entre os procedimentos, a técnica de lipoaspiração é a mesma. O que se faz é dividir um procedimento maior em vários outros menores, para que sejam realizados sob anestesia local, o que propicia uma maior chance de ocorrer irregularidades na área operada. Muitas vezes também estes procedimentos são realizados em locais inadequados, aumentando a chance de infecções pós-operatórias.

 

04. POR QUE ALGUMAS PESSOAS DEVEM FAZER CIRURGIA DE ABDOME AO INVÉS DE LIPOASPIRAÇÃO?

Porque a lipoaspiração tem indicações precisas. Quando o abdome possui um excesso muito grande de pele, ou quando se trata de uma pele estriada pós-gravidez ou grandes emagrecimentos, essa pele não terá capacidade de retrair o suficiente com a retirada só de gordura - que é o que faz a lipoaspiração, então a resultante será flacidez local. Haverá, portanto, a necessidade de que a gordura saia junto com a pele.

 

duvidas_2-crop05. A GORDURA RETIRADA PODE SER UTILIZADA PARA O AUMENTO DE OUTRAS ÁREAS NO MEU CORPO?

Sim. Esta transferência de gordura de um local para outro é o que define a lipoescultura. Ela é muito utilizada para preenchimento da região glútea (nádegas), das depressões laterais da coxa, de sulcos da face, etc., com resultados muito bons.

 

06. A GORDURA ENXERTADA PODE SER ABSORVIDA COM O TEMPO ?

A gordura que é utilizada na lipoescultura para o preenchimento de outros locais poderá ser absorvida pelo próprio corpo em uma porcentagem que varia de 30 a 100%.

 

07. QUANTOS QUILOS VOU EMAGRECER COM A LIPOESCULTURA?

Sendo uma cirurgia que retira determinada quantidade de gordura, evidentemente haverá uma redução no peso, que varia de acordo com o volume corporal de cada paciente. Não são, entretanto, os “quilos” retirados que definirão o resultado estético, mas sim as proporções que cada área determinada mantenha com o restante do tronco e os membros. Assim é que , as mulheres que apresentam certo abaulamento no abdome ou em outras partes do tronco, assim como nos quadris e parte superior das coxas, poderão ter uma pele firme ou eventualmente flácida. A avaliação correta de 3 itens: qualidade da elasticidade da pele, quantidade de gordura e sua localização, nos permitem avaliar o resultado. Há casos, em que o(a) paciente está com o peso acima do normal. Recomendamos um equilíbrio prévio, antes da cirurgia, o que nos leva a aconselhar aqueles(as) que assim se apresentem a prosseguir com um tratamento clínico ou fisioterápico prévio. Existem casos em que retira-se gordura de certas áreas e reinjeta-se esta gordura retirada sob condições assépticas em outras regiões que necessitam aumentar seu volume. Parte dessa gordura poderá se reabsorver. É impossível se prever o percentual de permanência dessa gordura; entretanto, são dedicados cuidados especiais no tratamento dessa gordura, a fim de propiciar maior possibilidade de sucesso.

 

08. TEREI CICATRIZES APÓS A CIRURGIA? PODERÃO DESAPARECER ?

São cicatrizes mínimas, com cerca de 5 mm, muito pouco perceptíveis no pós operatório. Quando possível, são localizadas para que passem despercebidas mesmo nos trajes de banho.

 

09. QUANDO ESTÁ CONTRA INDICADA A LIPOASPIRAÇÃO?


Quando houver muito excesso de pele e a pele for inelástica - sem capacidade de retração após a retirada de gordura , especialmente nas peles com estrias. Qualquer cirurgia poderá estar contra indicada quando o paciente não tiver condições clínicas adequadas.

 

10. EM QUANTO TEMPO ATINGIREI O RESULTADO DEFINITIVO?

Nas primeiras semanas ou mesmo meses, as áreas lipoaspiradas, além de estar sujeitas a períodos de “inchaços”, poderão apresentar alguns pontos mais densos que outros. Esses geralmente só são perceptíveis à palpação e tendem a desaparecer após o 3o. mês. Com o decorrer dos meses, tendo-se realizado as devidas drenagens linfáticas e os exercícios orientados para modelagem, vai-se gradativamente atingindo o resultado final. Nunca se deve considerar como final qualquer resultado, antes de 6 a 9 meses de pós-operatório.

 

11. LIPOASPIRAÇÃO CORRIGE AQUELE EXCESSO DE GORDURA SOBRE A REGIÃO DO ESTÔMAGO?  

Geralmente sim. Dependendo do seu tipo de tronco (conjunto tórax + abdome), poderemos ter um resultado bastante natural. Também tem grande importância, sob este aspecto, a espessura do panículo adiposo (espessura da gordura) que reveste o corpo.

 

12. QUAL O TIPO DE MAIÔ QUE PODEREI USAR, APÓS A CIRURGIA?  

Fica a seu critério. Seu manequim lhe dirá.

 

13. PODEREI TER FILHOS FUTURAMENTE? O RESULTADO NÃO FICARÁ PREJUDICADO?  

O resultado poderá ser preservado, desde que na nova gestação seu peso seja controlado por especialista. Se você voltar ao seu peso anterior e sua pele não apresentar flacidez e estrias decorrentes da gravidez, as formas obtidas serão mantidas. Devemos salientar, entretanto, que o corpo da mulher sofre variações da forma com o decorrer do tempo, devido à disposição da gordura nas diversas áreas corporais, principalmente no abdome, cadeiras e coxas. Assim é que a cada 5 ou 10 anos, a disposição da gordura no corpo muda de pessoa para pessoa. Mesmo assim, aquele excesso retirado nas áreas devidas, sempre lhe proporcionarão uma melhor evolução, mesmo que você venha a ganhar certo peso.

 

14. VOU SENTIR DOR APÓS A CIRURGIA?

Geralmente não. Pode ocorre um desconforto leve a moderado nos primeiros dias de pós operatório, que podem ser minorados desde que obedecidas as orientações pós-operatórias. Eventuais incômodos são resolvidos com a utilização de analgésicos e anti-inflamatórios.

 

15. HÁ ALTERAÇÃO DA SENSIBILIDADE NO PÓS OPERATÓRIO ?

Pode ocorrer uma leve dormência nos locais lipoaspirados, que tende a voltar ao normal após alguns dias.

 

16. HÁ PERIGO NESTA OPERAÇÃO?  

Raramente a lipoaspiração traz sérias complicações, desde que realizada dentro de critérios técnicos. Isto se deve ao fato de se preparar convenientemente cada paciente para o ato operatório, além de ponderarmos sobre a conveniência de associação desta cirurgia simultaneamente a outras. O perigo não é maior nem menor que qualquer outra cirurgia eletiva, ou mesmo uma viagem de avião ou de automóvel, e até o simples atravessar de uma rua. Entretanto, é importante levar em conta, que grandes volumes retirados poderão determinar riscos, tanto no ato operatório quanto no pós-operatório. É consenso, na Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que o volume total de gordura a ser retirado por sessão, não ultrapasse a 5 a 7% do peso corporal. Seu cirurgião deverá lhe esclarecer detalhadamente sobre o volume ideal para o seu caso.
 

17. QUAIS SÃO AS COMPLICAÇÕES MAIS FREQÜENTES EM UMA LIPOASPIRAÇÃO?

Todas as cirurgias têm riscos, mas que são minimizados pelo preparo adequado do paciente, pelo rigoroso critério de escolha do local para realização da cirurgia e pela qualificação do profissional que realizará a cirurgia. A lipoaspiração não deve ser banalizada, é uma cirurgia e deve ser tratada com tal. Quando todos esses critérios são adotados, dificilmente há qualquer complicação.

As complicações mais freqüentes são o seroma (acúmulo de líquido em alguns locais da pele), o hematoma, as infecções e a trombose venosa.

Para evitarmos estas complicações, devemos respeitar rigorosamente as orientações normativas da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. As cirurgias devem ser realizadas em locais com todas condições necessárias para o pronto atendimento de qualquer eventualidade.

 

18. QUE TIPO DE ANESTESIA É UTILIZADA PARA ESTA OPERAÇÃO?

Depende da área e da quantidade de gordura a ser aspirada. Pode ser anestesia local com sedação, raquidiana, peridural ou geral.

 

19. QUANTO TEMPO DURA O ATO CIRÚRGICO?  

Dependendo da extensão das áreas a serem tratadas, o tempo varia de 1 a 5 horas, podendo ser ultrapassado em alguns casos. Entretanto, o tempo de ato cirúrgico não deve ser confundido com o tempo de permanência do paciente no ambiente de Centro Cirúrgico, pois, esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória. Seu médico poderá lhe informar quanto ao tempo total.

20. QUAL O PERÍODO DE INTERNAÇÃO? 

Dependendo da extensão da área aspsirada e do tipo de anestesia (local com sedação, peridural, geral) o período de internação poderá variar de algumas horas até 1 dia.

 

21. SÃO UTILIZADOS CURATIVOS? SÃO UTILIZADOS DRENOS ?

Sim. Curativos semi-compressivos com cintas especiais, mantidos por um período de 30 a 45 dias, em média.

Os drenos são utilizados somente em alguns casos de lipoaspiração, geralmente quando associadas à cirurgia plástica de abdome.
 

 

22. QUANDO SÃO RETIRADOS OS PONTOS?  

Do 4o ao 10o dia.

 

23. QUANDO PODEREI TOMAR BANHO COMPLETO?  

Geralmente no dia seguinte à cirurgia.


24. QUAL A EVOLUÇÃO PÓS-OPERATÓRlA?

Não deve se esquecer que, até que se consiga atingir o resultado almejado, diversas fases são características deste tipo de cirurgia.
Seja paciente pois seu organismo se encarregará de dissipar todos os pequenos transtornos intermediários que, infalivelmente chamarão a atenção de alguma de suas amigas que não se furtará à observação: “//SERÁ QUE ISTO VAI DESAPARECER MESMO?//”- É evidente que toda e qualquer preocupação de sua parte deverá ser transmitida ao seu cirurgião plástico, e somente a ele, que lhe dará os esclarecimentos necessários, para sua tranqüilidade. Em tempo: Em algumas pacientes, ocorre uma certa ansiedade nesta fase, decorrente do aspecto transitório.

Isto é passageiro e geralmente reflete o desejo de se atingir o resultado final o quanto antes. Lembre-se que nenhum resultado deverá ser considerado como definitivo antes dos 6 aos 9 meses.

Condutas complementares em Academias, com esteticistas ou mesmo fisioterapeutas, poderão melhorar bastante o resultado final, pois, a modelagem muscular é um fator de grande importância no novo contorno corporal.

 

25. COMO É A RECUPERAÇÃO PÓS-OPERATÓRIA DA LIPOASPIRAÇÃO?

O paciente sai da sala de cirurgia já com um novo perfil, porém este está obscurecido pelo edema (inchaço). O edema e a equimose (rouxidão) são mais intensos durante as primeiras três semanas, com resolução paulatina. Um edema residual é mantido até por volta do quarto mês.
No final do primeiro mês, quando começa a haver uma melhor absorção do edema, é comum o surgimento de áreas endurecidas e nodulações, devidas à fibrose (cicatrização interna). Essas endurações serão geralmente dissolvidas do segundo ao quarto mês. A retração da pele ocorre do terceiro ao sexto mês depois da Lipoaspiração e sua intensidade depende da qualidade da pele.

 

26. COMO SABEREI SE ESTÁ CORRENDO TUDO BEM COM A MINHA CIRURGIA ?

Muitas são as fases que o corpo passa até que a cirurgia atinja seu objetivo. Até que se consiga o resultado pretendido, ocorrerão diversas mudanças na cicatriz, na forma do abdome, no inchaço, na sensibilidade, etc. Portanto, é normal que ocorrerá alguma preocupação no sentido de desejar atingir o resultado final antes do tempo previsto.

Toda preocupação de sua parte deverá nos ser transmitida, para que possamos tranqüiliza-la, com os esclarecimentos necessários.

Algumas pacientes apresentam um curto período de depressão emocional nesta etapa, em decorrência destas alterações passageiras. Isto advém do desejo de se atingir o resultado final o quanto antes.

Lembre-se que nenhum resultado de lipoaspiração ou lipoescultura deverá ser considerado como final antes dos 12 meses.

 

27. HÁ NECESSIDADE DO USO DE CINTA NO PÓS-OPERATÓRIO?

Sim, por 30 a 45 dias.

 

28. POR QUANTO TEMPO DEVO USAR A CINTA NO PÓS-OPERATÓRIO?

A cinta compressiva deve ser usada por um mês e meio após a cirurgia.

 

29. SERÁ NECESSÁRIO QUANTO TEMPO DE REPOUSO APÓS A CIRURGIA?

O fator limitante é a dor (região dolorida). Se estiver sem dor a partir de 3 dias estará liberado para atividades normais. Exercícios físicos leves a partir de 10 a 15 dias

 

30. POR QUANTO TEMPO NÃO PODEREI TRABALHAR ?

Atividades profissionais geralmente poderão ser iniciadas após 1 a 2 semanas. Normalmente durante a primeira ou segunda semana após voltar ao trabalho, você poderá apresentar um leve desconforto na área operada.

 

31. QUANDO PODERÁ SER A EXPOSIÇÃO AO SOL?

Geralmente a partir de 30 dias se a pele estiver totalmente clara (sem resquícios de equimose), com proteção das cicatrizes.

 

32. QUAIS ÁREAS DO CORPO PODEM SER ASPIRADAS COM SEGURANÇA ?

A lipoaspiração pode ser realizada no abdômen, nos flancos, no dorso, nas coxas, nos braços, nas axilas e no pescoço.

 

33. EM QUAIS REGIÕES DO CORPO DEVE-SE EVITAR A LIPOASPIRAÇÃO ?

Este procedimento não deve ser realizado em áreas de articulações (juntas), tais como tornozelo e cotovelos.

 

34. QUAIS SÃO OS PACIENTES QUE MAIS SE BENEFICIARÃO COM A LIPOASPIRAÇÃO E A LIPOESCULTURA ?

Os mais beneficiados com estes procedimentos são os pacientes que estejam próximos ao seu peso adequado, apresentando acúmulo localizado de gordura, e pacientes com a pele com elasticidade preservada.

 

35. APÓS QUANTO TEMPO DE CIRURGIA TEREMOS O RESULTADO FINAL ?

 O resultado final da cirurgia é atingido entre 6 meses e 1 ano de pós-operatório.

 

36. QUAL A IMPOTÂNCIA DA DRENAGEM LINFÁTICA NO PÓS OPERATÓRIO DA LIPOASPIRAÇÃO ?

A função das sessões de drenagem linfática é favorecer a eliminação do edema (inchaço) que ocorre após a cirurgia, que muitas vezes dá a sensação de nodulações na área operada. Ao não se submeter à estas sessões, muitas vezes ocorre a manutenção destas nodulações por mais tempo. Geralmente são indicadas, no mínimo, 10 sessões de drenagem linfática para um correto controle do inchaço.

 

37. QUAL A MAIOR CAUSA DE PERDA DE RESULTADO NO PÓS OPERATÓRIO ?

A maior causa de perda de resultado no pós-operatório é o ganho de peso. Muitas pessoas tem a falsa impressão de que, ao se submeter a uma lipoaspiração nunca mais irão apresentar acúmulo de gordura na região tratada. Se não houver um planejamento para a realização de exercícios e dieta no pós-operatório, em poucos meses o resultado poderá ser perdido.

 

38. UMA GRAVIDEZ APÓS A CIRURGIA PODE LEVAR TAMBÉM A PERDA DO RESULTADO DA CIRURGIA ?

A mulher grávida apresenta alterações hormonais que favorecem o acúmulo de gordura, o que dificulta a manutenção do resultado de uma lipoaspiração. Uma grande parte das pacientes pode apresentar perda parcial ou total do resultado após passar por uma gestação. Mas o fator principal é o ganho de peso, isto é, muitas vezes a mulher não perde o resultado se não apresentar ganho de peso significativo durante a gestação.

 

39. HÁ ALGUM IMPEDIMENTO COM RELAÇÃO À IDADE ?

Normalmente a lipoaspiração pode ser realizada após os 16 anos, quando a estrutura corporal já está definida.

 

40. O RESULTADO É COMPENSADOR ?

Se você está ciente do que deseja e o cirurgião puder lhe propiciar aquilo que você pediu, sem dúvida compensa. Entretanto, é importante levar em consideração o fato de que a lipoaspiração ou a lipoescultura não visam transformar você em outra pessoa. Você continuará com o seu corpo, porem com características diferentes. O cirurgião plástico apenas melhorará esse território prejudicado pelos defeitos estéticos aí pré-existentes.

 

41. COMO SABER SE O MEU MÉDICO ESTÁ APTO A FAZER UMA LIPOASPIRAÇÃO ?

Uma atitude simples que pode te livrar de profissionais mal qualificados é realizar uma consulta em alguns sites:

- Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica: www.cirurgiaplastica.org.br.

Neste site, você deverá acessar a área indicada como “Site Público”, onde deverá digitar, em um local próximo à parte superior da página, o nome do cirurgião. Com isso, você saberá se o médico é membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, que é a entidade reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina responsável por conceder o Título de Especialista em Cirurgia Plástica. O profissional que não estiver registrado neste site não passou pelo treinamento necessário para a correta formação de um cirurgião plástico, ou seja, 02 anos de especialização em cirurgia geral e 03 anos de especialização em cirurgia plástica.

- Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina: www.cremesc.org.br.

Neste site, você deverá acessar a área indicada como “Buscar Médicos de Santa Catarina”, onde você deverá digitar o nome do médico. Com isso, você saberá se o médico está devidamente registrado como cirurgião plástico no Conselho Regional de Medicina de Santa Catarina, que é o órgão responsável por fiscalizar os médicos deste estado.

 

 

 

 

  • (47) 3045.3322 - Av. Cel. Marcos Konder, 1207 - Sala 122 - Centro Empresarial Embraed - Itajaí, SC
    Diretor Técnico – Dr. Antonio Marcos Piva – CRM 14563 - RQE 7247